1. Home
  2. Crédito
  3. Antecipação de recebíveis para indústria: entenda o que é e como fazer

Manter a saúde financeira da indústria é uma das condições essenciais para o sucesso no mercado. Sem isso, o negócio poderá encontrar dificuldades para encarar os desafios e alcançar os resultados de interesse. Para lidar com a situação, vale a pena saber o que é a antecipação de recebíveis.

Esse é um tipo de processo de crédito que oferece diversas vantagens em relação a outras soluções existentes. Para aproveitar a alternativa, entretanto, é preciso entender como a antecipação funciona e como realizá-la.

A seguir, você conhecerá os principais pontos sobre a antecipação de recebíveis e compreenderá quais benefícios ela pode oferecer para a indústria.

Acompanhe!

O que é e como funciona a antecipação de recebíveis?

Para entender a antecipação de recebíveis, é preciso começar explorando alguns conceitos. O primeiro deles envolve os recebíveis, os quais estão relacionados ao direito de receber determinada quantia pela venda de um produto ou prestação de um serviço.

Pense em uma indústria que vende um determinado volume de produtos para um distribuidor, que firma o compromisso de realizar o pagamento no período de 30 dias. Essa negociação dá origem a um recebível para a indústria, já que o cliente (distribuidor) fica obrigado a fazer o pagamento no prazo e nas condições acordadas.

A antecipação de recebíveis, por sua vez, consiste em um processo que visa receber o pagamento dos valores pela indústria no momento atual. Isso se contrapõe à obtenção do dinheiro que aconteceria apenas em uma data futura.

Para tanto, o detentor dos direitos creditórios ou recebíveis (chamada de cedente) deverá repassá-los para uma empresa que realize essa operação. No caso, a venda ocorre com deságio. No exemplo, portanto, a indústria receberá de modo imediato um montante um pouco menor do valor que ela receberia a prazo.

Quando o distribuidor (sacado) fizer o pagamento, o valor será recebido pela empresa que antecipou os recebíveis. Com isso, o ciclo da operação é finalizado.

Qual é a diferença entre antecipação de recebíveis e empréstimo? 

Como você viu, a antecipação de recebíveis serve como um processo para obter recursos para a indústria ou outro tipo de empresa. No entanto, é importante destacar que ela não deve ser confundida com outras modalidades de crédito, como o empréstimo.

Entre as diferenças, está o impacto que a operação tem sobre o endividamento do negócio. Com o empréstimo, a indústria contrai uma dívida e paga o montante contratado com juros, em parcelas e no prazo definido. Já a antecipação de recebíveis não gera uma dívida.

Isso é possível porque os recebíveis são um direito do negócio. Logo, recorrer a essa alternativa não dá origem a um novo compromisso financeiro. Portanto, ele não aumenta o endividamento.

Ademais, as taxas de juros do empréstimo costumam ser muito mais elevadas que o deságio da antecipação de recebíveis. Nesse sentido, solicitar um empréstimo significa recorrer a um crédito mais caro, ampliando os riscos da operação para a indústria. 

Quais são as vantagens de adiantar os recebíveis na indústria?

Até aqui, você entendeu como funciona a antecipação de recebíveis na indústria. Agora, é oportuno saber quais são as vantagens de realizar esse procedimento.

Na sequência, veja quais são os principais pontos positivos para uma indústria que decide antecipar os recebíveis!

Otimização da gestão financeira

Uma das maiores vantagens de antecipar os recebíveis é o impacto que essa decisão pode causar no gerenciamento financeiro. Em geral, receber no presente os recursos que só seriam obtidos no futuro otimiza o fluxo de caixa.

Então, em vez de fazer o fluxo de caixa projetado, é possível controlar com mais facilidade a entrada e a saída de recursos. Isso é especialmente importante se a indústria vende a prazo, mas paga os fornecedores à vista ou em períodos mais curtos.

Com a antecipação, é mais fácil dispor dos recursos necessários para cumprir as obrigações financeiras.

Eliminação da inadimplência

Quando a indústria vende a prazo, uma das principais preocupações envolve a possibilidade de ocorrer a inadimplência dos clientes. Com a antecipação de recebíveis, o problema pode ser eliminado.

Isso acontece quando a empresa escolhida para antecipar os recebíveis assume o risco da inadimplência e passa a lidar com os processos de cobrança. Assim, a indústria tem mais previsibilidade financeira e não precisa direcionar recursos para a questão da inadimplência.

Maior competitividade

Se for bem utilizada, a antecipação de recebíveis também pode ajudar a indústria a se tornar mais competitiva. Com mais previsibilidade financeira, há como fazer mais planos e investimentos. Desse modo, é possível expandir a atuação ou se fortalecer no mercado perante os concorrentes.

Também é mais fácil manter o cumprimento das obrigações financeiras. Isso ajuda a evitar problemas futuros, como o rompimento com fornecedores ou o pagamento de multas e outros encargos.

Além disso, o negócio pode se dedicar mais à atividade-fim, já que a preocupação com a inadimplência deixa de existir. Desse modo, surgem oportunidades de direcionar melhor os recursos para ter a chance de alcançar resultados mais efetivos.

Como fazer o adiantamento dos recebíveis? 

Até aqui, você entendeu como funciona a antecipação de recebíveis do modelo tradicional. No entanto, essa não é a única forma de melhorar o fluxo financeiro da empresa e aproveitar outras vantagens.

Uma possibilidade é buscar fintechs especializadas em soluções financeiras e de crédito business to business, como a Trademaster. Isso porque elas também podem oferecer soluções completas, que ajudam a indústria a vender mais e a oferecer condições melhores para os clientes.

Ao escolher a Trademaster, o primeiro passo envolve fazer uma análise de crédito com a ajuda de tecnologias como inteligência artificial e machine learning. A tecnologia proprietária da fintech ajuda na avaliação do crédito para distribuidores e varejistas.

Muito além do risco de crédito, são analisadas outras questões, como potencial de relacionamento e de desenvolvimento ao longo do tempo. A partir disso, os clientes podem aproveitar um limite de crédito para fazer pedidos com mais prazo e condições melhores.

À indústria, cabe a função de emitir as notas fiscais e seguir as condições previstas pela Trademaster. Em seguida, o negócio recebe os recursos com um deságio, enquanto a fintech se responsabiliza pela cobrança dos clientes.

Logo, essa é uma espécie de antecipação feita já no momento da venda, trazendo ainda mais versatilidade e praticidade para a indústria.

Agora você sabe o que é a antecipação de recebíveis e como ela pode ser vantajosa para a indústria. Considerando as características apresentadas, vale a pena considerar buscar crédito dessa forma, de modo a potencializar a gestão financeira do negócio.

Quer ajuda para antecipar recebíveis com praticidade e boas condições? Entre em contato conosco da Trademaster!

Notícias recentes